Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

NOTÍCIAS

09/08/2011

Dólar e efeitos sazonais fazem recuar ritmo de contratações

Criação lí­quida de vagas formais em novembro soma 138.247, aumento de 0,39% sobre mês anterior

A valorização do real em relação ao dólar, assim como efeitos sazonais - entressafra e perí­odo de chuvas - fizeram com que o número de contratações formais lí­quidas registrasse em novembro o menor nà­vel do ano. Foram criados 138.247 empregos, o que representa um incremento de 0,39% do estoque de assalariados com carteira assinada na comparação com mês anterior.

 

Em relação aos meses de novembro, o país registrou o segundo melhor número de empregos formais, segundo o Cadastro Geral de Empregos e Desempregados (Caged) divulgado pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi. Com isso, no acumulado de janeiro a novembro, as contratações lí­quidas somaram 2,544 milhões.

 

Mês. O melhor resultado de novembro foi em 2009, com a geração de 246.695 empregos formais. Mas o ministro lembrou que esse resultado foi decorrente da recuperação de empregos, com o fim da crise financeira internacional.

Segundo Lupi, pela primeira vez no ano, o mercado do trabalho sentiu o impacto da valorização cambial do real frente ao dólar. Mas, assim como acontece todos os meses de novembro, houve impacto de efeitos sazonais como entressafra.

Câmbio. No caso do câmbio, o ministro explicou que, com a melhora dos salários e o barateamento de produtos importados, os brasileiros estão optando por comprar mercadorias que vêm de fora neste final de ano e isso reflete em produção menor das empresas brasileiras e, consequentemente, em um número inferior de contratações.

"Isso é a fotografia do momento. Não estou culpando o dólar pela redução de empregos. Estou dizendo que foi um dos fatores que influenciaram", frisou o ministro.

Meta. Apesar de o ministro comemorar os números, porque o resultado de novembro possibilitou que fosse "cumprida a meta" para o ano de 2,5 milhões de empregos formais lí­quidos.

Assessoria de Comunicação- 17/12/10 - Fonte: O Vale

•  Veja outras notícias
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC