Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - SANTANDER

28/11/2011

Bancários querem renovar aditivo com avanços

A Folha de S.Paulo publicou na sexta-feira (25) o primeiro anúncio do Santander incluindo seu novo garoto-propaganda: Neymar, craque do Santos e da Seleção Brasileira. Com a frase "Neymar no Brasil: Juntos, dá pra fazer", a publicidade faz parte do contrato assinado nesta semana entre o jogador e o banco até o fim de 2014.

 

Os valores do negócio não foram divulgados, mas não devem ser nada baixos, dado o enorme potencial de marketing que o jogador representa. A iniciativa amplia os investimentos milionários do banco no futebol e se soma ao patrocín­io da Copa Libertadores da América.

O anúncio do contrato foi realizado com pompa e conduzido pessoalmente pelo presidente mundial do banco, o espanhol Emilio Botín­, que se encontra no Brasil. "Chegamos a um acordo entre o melhor jogador brasileiro de futebol no momento e o melhor banco do mundo. O Neymar vai defender também a partir de agora o vermelho Santander'", disse Botín­, que também foi recebido em audiência nesta semana pela presidenta Dilma, em Brasíl­ia.

"Uma jogada desse tamanho em marketing mostra a enorme importância do mercado brasileiro para o Santander. Mas isso não resolve. O banco tem que fazer a lição de casa e valorizar o time de talentosos funcionários brasileiros, principais responsáveis pelo lucro gigantesco de R$ 5,9 bilhões até setembro deste ano", afirma Ademir Wiederkehr, secretário de Imprensa da Contraf-CUT e funcionário do banco.



Negociações

"Esperamos avanços concretos nas negociações para a renovação do acordo aditivo à convenção coletiva dos bancários, que começam na próxima quinta-feira, dia 1º de dezembro", projeta. "Quem contratou Neymar não pode ficar de costas para os trabalhadores".

Além do aditivo, os bancários querem aumentar o valor do Programa de Participação nos Resultados do Santander (PPRS) e a manutenção dos termos de compromisso do Banesprev e Cabesp.

A negociação foi marcada, durante a Jornada Continental de Lutas, após pressão das entidades. A Contraf-CUT, sindicatos, federações e Afubesp enviaram três cartas enviadas ao superintendente de Recursos Humanos do Santander, Jerônimo dos Anjos, em 21 de outubro, 7 e 21 de novembro. A pauta específica de reivindicações foi entregue em 30 de agosto.

"Os trabalhadores brasileiros não podem pagar pela crise na Espanha, mas precisam ser valorizados, com respeito, emprego decente, avanços sociais e acordo marco global", conclui Ademir.



Postado pela Assessoria de Imprensa " 28/11/2011

Fonte: Contraf-CUT

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC