Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - SANTANDER

16/12/2014

Bancários voltam a debater exames médicos com Santander nesta terça (16)

A Contraf-CUT, federações e sindicatos, através de um grupo de trabalho em saúde do trabalhador, se reúnem nesta terça-feira (16), das 15h às 17h, com o médico coordenador do PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) do Santander, Gustavo Locatelli, para continuar o debate sobre a denúncia, apresentada na primeira rodada de negociação do acordo aditivo, acerca da existência de um controle nos exames médicos para a caracterização do funcionário como inapto.

A primeira reunião com a participação do médico ocorreu no dia 23 de outubro e, na ocasião, ele ouviu relatos indignados de dirigentes sindicais e prometeu trazer encaminhamentos.

Os representantes dos trabalhadores já entregaram ao Santander um formulário de "prontuário clín­ico" da empresa Micelli Soluções em Saúde Empresarial, contratada pelo banco para fazer exames como os periódicos e os de retorno ao trabalho. No prontuário há um espaço de "fluxo para inaptidão", onde o médico examinador deve "contatar antecipadamente o médico coordenador para conclusão".

Os diretores da Contraf-CUT, federações e sindicatos apresentaram também depoimentos de funcionários afastados, inclusive em áudio, comprovando o procedimento ilegal. Uma trabalhadora da Bahia, com vários sintomas de LER/Dort, disse que, após ser atendida, o médico pediu que ela saísse da sala para aguardar o resultado. "Ele tinha que entrar em contato com a empresa do banco para analisar a possibilidade de caracterizar a inaptidão ao trabalho", relatou.

Gustavo, que assumiu o cargo em janeiro, disse que não existe cerceamento no julgamento sobre inaptidão e que as avalições preservam a autonomia do médico.

Os dirigentes sindicais cobraram medidas urgentes do banco, como o fim da utilização desse prontuário da Micelli e a formação de um grupo de trabalho para aprofundar o debate sobre o problema. O caso é passível de ações judiciais e denúncias junto aos órgãos competentes.

A reunião desta terça-feira será realizada na sede do Sindicato dos Bancários de São Paulo.


Fonte: Contraf-CUT

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC