Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - ITAÚ UNIBANCO

07/07/2011

Dia Nacional de Luta pressiona e arranca negociação com Itaú nesta quinta

 

Os bancários do Itaú realizaram nesta quarta-feira, 6 de julho, Dia Nacional de Luta contra a onda de demissões que vem ocorrendo na empresa. Diante das mobilizações, a direção do banco comunicou que irá negociar com a Contraf-CUT, Federações e Sindicatos, nesta quinta-feira, dia 7, às 14h30, em São Paulo.

 

 

"Foi a pressão dos bancários em todo país que arrancou esta negociação com o banco. Esperamos que o diretor do RH, José Carlos Rudge, participe da reunião e atenda as nossas reivindicações", afirma Jair Alves, um dos coordenadores da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú Unibanco, órgão que assessora a Contraf-CUT nas negociações com o banco.

As mobilizações ocorreram nas bases das federações e sindicatos dos bancários em todo país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasíl­ia, Ceará, Recife, entre outras cidades.

Os trabalhadores denunciaram durante os atos as demissões que vem sendo praticadas pelo Itaú. "Os bancários estão com medo de perder seus empregos. O resultado desse processo é a precarização das condições de trabalho e saúde de todos", afirma Jair.

Os bancários também trataram dos problemas gerados pela sobrecarga de trabalho, metas abusivas e convênio médico. "Os gerentes na área de varejo estão sendo obrigados a deixar suas funções para atender nas filas. Trabalham num ambiente sobrecarregado e de metas abusivas. Outra questão é o convênio médico, reajustado unilateralmente sem qualquer diálogo com o movimento sindical", diz Jair.

Segundo Jair, o Dia Nacional de Luta desta quarta-feira foi um recado à direção do banco contra as demissões, que ocorre mesmo depois do banco ter anunciado de que não mais aconteceria.

"Os trabalhadores continuarão realizando manifestações, caso o banco não modifique sua postura e coloque fim as demissões, como havia se comprometido. Caso contrário, iremos estender a campanha realizada hoje que acarretou em paralisações parciais das agências e centros administrativos do banco por todo país", conclui Jair.

Fonte: Contraf-CUT / por Assesoria de Imprensa 07/07/2011

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC