Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - ITAÚ UNIBANCO

04/06/2012

Itáu: patrocinador oficial de demissões

 

Mesmo com a campanha de marketing "Vamos jogar bola", o Itaú demite seus principais craques e se nega a jogar junto com os brasileiros.

 

Segundo levantamento realizado pela FETEC-CUT/SP, o Itaú demite hoje mais do que um time de futebol por dia. E, mesmo com a mobilização dos funcionários em 23/05, o banco se cala e não marca nenhuma negociação para responder aos bancários.

"O Itaú se vale de uma publicidade, em que faz analogia com o futebol, querendo se colocar como o melhor banco. No entanto, a instituição está longe de entender de futebol, haja vista que o maior esporte nacional valoriza, justamente, trabalho em equipe. E o que faz o Itaú? Demite um time de futebol a cada dia, o que é inadmissível para o movimento sindical", critica Valdir Machado, diretor da FETEC-CUT/SP ao fazer o seguinte questionamento aos bancários: "Qual cartão devemos dar à direção do banco? Vermelho ou amarelo?".

A mencionada campanha de marketing engloba três slogans: 1) No Itaú Unibanco, as pessoas estão em primeiro lugar. Sejam elas colaboradores, fornecedores, clientes ou a sociedade em geral. 2) Ambicionamos a construção de equipes de alta performance, cujos talentos individuais só fazem sentido se forem capazes de formar times vencedores. 3) Valorizamos pessoas que sentem prazer em trabalhar na organização, em servir o cliente, em resolver os problemas de forma ágil e competente.

"As práticas do Itaú negam o três slogans, mostrando ao bancário quem deve ser o juiz dessa partida e qual deve ser a punição para as infrações. Cartão vermelho para a ganância e a ambição, colocadas pelo Itaú em primeiro lugar. Cartão vermelho para as demissões, o que precariza o atendimento à população. Cartão vermelho para as metas abusivas, o que fragiliza a saúde dos funcionários", sugere Machado.

O dirigente lembra que o Itaú em 2011, enquanto demitia, pagou em média R$ 7,45 milhões por diretor, sendo a única instituição financeira a configurar na lista das dez empresas com maior gasto médio por diretor, conforme o jornal Valor Econômico, em edição desta quinta-feira (31). "Segundo esses dados, o ganho de um diretor do Itaú é 221 vezes maior do que o de um bancário que recebeu ao longo do ano o piso da categoria em 2011. Temos de nos mobilizar contra essa injustiça", antecipa Machado.

Diante da falta de respostas por parte do Itaú, o Coletivo Estadual de Dirigentes da FETEC-CUT/SP volta a se reunir em 05/06, a partir das 9h30, na sede da federação cutista, para debater os próximos passos da mobilização contra as demissões.


Postado pela Assessoria de Imprensa: 04/06/2012

Fonte: FETEC-CUT

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC