Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - HSBC

31/08/2015

Coletivos Nacionais da Contraf-CUT discutem pautas da Campanha Nacional

 Os coletivos nacionais de Saúde do Trabalhador, das Mulheres, de Formação e a Comissão de Gênero, Raça, Orientação Sexual e Trabalhadores e Trabalhadoras com Deficiência (CGROS), da Contraf-CUT, estão reunidos na sede da Confederação, em São Paulo, nesta segunda-feira (31), para debater as demandas dos bancários na Campanha Nacional 2015 e as estratégias de mobilização e de negociação com os bancos.

Os coletivos se reúnem separadamente durante todo o dia de hoje, mas no início da manhã participaram de uma abertura unificada do encontro com o presidente da Contraf-CUT, Roberto von der Osten. Ele destacou como está o processo de negociação com os bancos. O Comando Nacional tem nova rodada nesta semana com a Fenaban, dias 2 e 3 de setembro (quarta e quinta-feira), sobre saúde e condições de trabalho.

"Estamos alterando a tática de negociar artigo por artigo de cada tema, pois pode ser usado pelos bancos para obstruir a negociação e fazer o tema empacar. Estamos debatendo conceitos, que podem se transformar em cláusulas da CCT se forem aprovados. As discussões nos Coletivos são importantes para embasar as negociações do Comando Nacional, com um processo de construção articulado e democrático sobre demandas e os problemas enfrentados pela categoria", avaliou

O presidente da Contraf-CUT também falou sobre a primeira rodada de negociação da Campanha, no último dia 19, a qual terminou sem avanços, porque a Fenaban não assumiu compromisso com a manutenção dos empregos da categoria.

"O debate sobre emprego tem grande peso nesta Campanha. O Itaú tem divulgado à imprensa que pretende reduzir empregos com investimentos no atendimento virtual. O HSBC diz que já vendeu sua operação ao Bradesco. Este, por outro lado, diz que ainda não efetuou a compra porque o processo está no Banco Central. Nossa mobilização tem que continuar forte na defesa dos empregos. Os bancos também continuam negando a rotatividade, tentando se comparar a setores em crise. Nossa unidade é extremamente importante ", explicou Roberto.

Os Coletivos encaminharão ao Comando Nacional o resultado das discussões e as orientações sobre cada tema. Nesta terça-feira (1º) o Comando Nacional se reúne na Contraf-CUT, em São Paulo, a partir das 14h, para discutir a pauta de saúde e condições de trabalho, que será negociada com os bancos.

Calendário de Negociações com Fenaban

2 e 3 de setembro - Saúde e Condições de Trabalho
9 de setembro - Igualdade de Oportunidades
16 de setembro - Remuneração

Fonte: Contraf-CUT

 

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC