Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - HSBC

25/05/2015

HSBC confirma intenção de vender operação no país

O HSBC confirmou nesta sexta-feira 22 que estuda vender suas atividades no Brasil. O banco inglês afirma que ainda não há decisão de prosseguir com nenhuma transação, mas assume que existe a possibilidade de vender as operações no país, onde tem cerca de 21 mil funcionários e 850 agências.

A notificação de intenção de venda foi encaminhada para o Banco Central Europeu na quinta-feira 21, um dia antes de os funcionários serem informados. A nota divulgada não fala em interessados na compra alegando que estas informações não podem ser divulgadas por questões regulatórias e legais de confidencialidade.

Demissões ocorridas no final de 2014 iniciaram os rumores de venda que se intensificaram este ano após o escândalo evolvendo contas de brasileiros no exterior. Em 17 de abril uma notícia sobre uma possível venda da operação de varejo e de parte do banco de investimento no Brasil foi veiculada em primeira mão pelo jornal Financial Times. Na terça-feira 19 o executivo do Santander no Brasil, Jesús Zabalza, declarou que estudaria a possibilidade de adquirir a atividade brasileira do HSBC. No dia seguinte, foi a vez do Itaú anunciar interesse, também publicamente.

O Sindicato vem acompanhando a situação e cobrando explicações do HSBC desde o início dos rumores. Uma comitiva de dirigentes sindicais de todo o país fez um verdadeiro corpo a corpo com parlamentares no Congresso Nacional no início deste mês. As reuniões procuraram sensibilizar deputados e senadores para que os empregos e direitos dos funcionários do HSBC sejam preservados caso a unidade no Brasil seja incorporada por outro banco.

> Situação dos bancários do HSBC é debatida em Brasíl­ia

Os sindicalistas também entregaram ofício aos deputados e senadores solicitando que interfiram pela realização de uma reunião com o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), órgão que regula fusões entre empresas. "Já procuramos todos os órgãos responsáveis para garantir a manutenção dos empregos, os trabalhadores não podem pagar a conta pelas atitudes do banco", ressaltou Liliane Fiuza, diretora do Sindicato. A dirigente lembra que poderá, caso necessário, realizar paralisações para que os direitos e os empregos dos funcionários do banco no país não sejam perdidos e que a união de todos nessa luta será imprescindível.

Além do Santander e do Itaú estariam interessados na compra o Bradesco, BTG Pactual, o canadense Bank Of Nova Scotia e o chinês ICBC, mas não há confirmação se estas instituições realmente estão em negociação.

 

Fonte: Seeb SP

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC