Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - FINANCEIRAS

11/07/2011

Luta contra resoluções do BC sobre correspondente deve ser permanente

 

Os trabalhadores vão colocar o órgão do governo como alvo na Campanha Nacional, promovendo um Dia Nacional de Luta para denunciar àsociedade a ilegalidade da prática, que nada mais é que um instrumento para precarizar as condições de trabalho. 

 

Neste ano o Banco Central soltou uma resolução que terceiriza completamente a atividade bancária, dando a possibilidade de as instituições financeiras terem seus próprios correspondentes para a prestação de uma série de serviços, como por exemplo a concessão de crédito, seja qual for a modalidade, além do câmbio, cartões de crédito, processamento de dados entre outras atividades.

Os bancários, por meio do Deputado Federal Ricardo Berzoini (PT-SP,) já apresentaram um Projeto de Decreto Legislativo solicitando a revogação da resolução do Banco Central.

Propostas aprovadas no grupo

> Fim da figura dos correspondentes bancários e a concomitante criação de posto de atendimento bancário em todas as localidades do país.

> Como a atividade bancária é concessão do Estado, os bancos em seu conjunto, para poderem operar no país, se obrigaram em suprir de serviços bancários todos os municíp­ios do Brasil.

> Na área de Engenharia, todas as operações envolvendo recursos públicos ou do FGTS, a análise e acompanhamento devem ser realizados por engenheiros de carreira da Caixa e não por engenheiros ou empresas contratados.

> Que na campanha deste ano se intensifiquem, junto à categoria, as discussões em torno do risco que o correspondente bancário representa à existência da categoria bancária como um todo. Que da mesma forma que nos 90, o combate às privatizações dos bancos públicos tornou-se bandeira do movimento, que o combate a figura do correspondente bancário se transforme em dos pilares de luta dos bancários.

> Organização um dia nacional de luta contra as resoluções 3954 e 3959, de 2011, do Banco Central, que completam a transferência das atividades bancárias aos correspondentes bancários, criando inclusive a possibilidade de que cada banco crie o seu próprio correspondente.

Fonte: Carlos Fernandes - Rede de Comunicação dos Bancários / Por Assessoria de Imprensa 11/07/2011

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC