Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - FINANCEIRAS

19/10/2012

Instituições financeiras contratam em marcha lenta

Quase metade do total de postos formais gerados no país entre janeiro e setembro deste ano saí­ram do setor de serviços, onde atuam as instituições financeiras. Porém, apesar dos altos lucros, os bancos são, de longe, as empresas que menos contribuà­ram na abertura de vagas com carteira assinada.

Segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho e Emprego), dos 1.574.216 empregos formais criados no país nos primeiros nove meses do ano, 667.166 (42%) estão no setor de serviços. As instituições financeiras são responsáveis por apenas 8 mil, o que representa 1,19% do setor e 0,5% do total do país.

O segundo segmento que menos contratou no setor de serviços foi Transportes e Comunicações, com saldo de 78.396, quase 10 vezes mais do que o das instituições financeiras. O que mais abriu postos formais foi o de corretores de imóveis, com 188.443, seguido pelo de hotelaria, com 184.671, ambos montantes 23 vezes maiores.

Antepenúltimo lugar " Na comparação com os outros setores classificados pelo Caged (Extrativa Mineral, Indústria de Transformação, Serviços Industriais de Utilidade Pública, Construção Civil, Comércio, Administração Pública e Agricultura), o cenário é semelhante. As instituições financeiras ficam no vexatório 26º lugar de 28 segmentações, à frente apenas das indústrias de papel e papelão (5.509) e de materiais de transporte (3.554), ambos segmentos do setor Indústria de Transformação.

Reivindicação - A questão do emprego foi uma das principais reivindicações da Campanha Nacional Unificada 2012. Os bancos, no entanto, disseram na mesa de negociação que os bancários não estão preocupados com isso e que o baixo nà­vel de contratações no setor deve-se a "ajuste, uma prática normal de mercado". A Fenaban deixou o tema para ser discutido pontualmente pelas instituições financeiras. Carta já foi enviada a cada uma delas, cobrando mais contratações e a retomada dos debates.

De forma geral os bancos contratam pouco ou demitem muito, como o Itaú que extinguiu 9 mil postos de trabalho em um ano (entre os meses de junho de 2011 e 2012). A exceção é a Caixa Federal, que está contratando graças ao compromisso conquistado pelos trabalhadores nas campanhas unificadas.

"A contratação de mais bancários é importante para acabar com a sobrecarga de trabalho que adoece a categoria, mas é fundamental também para toda a sociedade em nome da universalização do atendimento, com serviços de qualidade para todos", ressalta a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira.

 

Postado pela Assessoria de Imprensa: 19/10/2012

Fonte: Seeb São Paulo

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC