Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - FINANCEIRAS

22/10/2013

Lucro do Bradesco supera expectativas do mercado

O Bradesco anunciou nesta segunda-feira 21 lucro lí­quido de R$ 3,064 bilhões no terceiro trimestre. O resultado superou as expectativas de analistas de mercado. O montante é o terceiro maior da história entre os bancos para um terceiro trimestre e representa alta de 7,1% em relação ao mesmo perí­odo do ano passado.

Mesmo com esse lucro volumoso, o banco continua a por em prática sua política de demissões. Em relação a setembro de 2012, houve redução de 2.690 postos de trabalho. Somente nos três últimos meses são 541 empregos a menos.

De acordo com o balanço, as receitas da instituição com a prestação de serviços e a cobrança de tarifas cobrem 149% do total de despesas de pessoal do Bradesco. Isso significa que somente com a cobrança de tarifas o banco paga toda a sua folha e ainda sobra 49% do valor arrecadado. Nos nove primeiros meses de 2012, essa relação era de 138%.

As receitas de prestação de serviços e tarifas bancárias atingiram R$ 14,303 bilhões, com crescimento de 14,4% ante os primeiros nove meses de 2012.

Para o dirigente sindical Marcelo Peixoto, funcionário do Bradesco, os sucessivos resultados positivos da instituição não coincidem com melhorias nas condições dos bancários. "O Bradesco continua sendo o único dos grandes bancos que não paga auxí­lio-educação aos empregados. Temos sofrido um processo de muitas demissões. Os trabalhadores que não são demitidos ficam sobrecarregados e há um grande número de adoecimentos", relata.

Mais números " O lucro lí­quido ajustado nos nove primeiros meses de 2013 foi de R$ 9,003 bilhões, o que representa variação de 4,6% em relação aos R$ 8,605 bilhões alcançados no mesmo perí­odo de 2012.

Desse montante, R$ 6,264 bilhões (69,6%) provieram de atividades financeiras. Os R$ 2,739 bilhões (30,4%) restantes foram gerados pelas atividades de seguros, previdência e capitalização.

Os ativos totais do banco, em setembro de 2013, registraram saldo de R$ 907,694 bilhões, crescimento de 6,0% em relação ao mesmo perí­odo de 2012.

A carteira de crédito expandida atingiu R$ 412,559 bilhões, evolução de 11,0% em relação ao mesmo perí­odo de 2012. As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 127,068 bilhões (10,9% a mais do que em setembro de 2012), enquanto as operações com pessoas jurídicas atingiram R$ 285,491 bilhões (crescimento de 11,0%).

Inadimplência em queda " O ín­dice de inadimplência superior a 90 dias recuou 0,5 p.p. nos últimos doze meses, e encerrou 30 de setembro de 2013 em 3,6%. No mesmo perí­odo do ano passado, o ín­dice era de 4,1%.

As despesas de PDD caí­ram 1,5% no acumulado dos nove meses em relação ao mesmo perí­odo do ano anterior. O maior impacto da queda foi no 3º trimestre, quando as despesas de PDD caí­ram 6,9% em relação ao 2º trimestre de 2013 e caí­ram 12,8% em relação ao 3º trimestre de 2012.

 

Fonte: Seeb São Paulo

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC