Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - FINANCEIRAS

23/09/2013

5° dia de Greve: Bancários intensificam a luta por melhores condições de trabalho

No quinto dia de greve mais de 7 mil agências do país continuam fechadas nesta segunda-feira (23).  A categoria está intensificando as paralisações nas importantes concentrações financeiras e centros administrativos dos bancos públicos e privados.

Na base do Sindicato, as cidades de Taubaté, Pindamonhangaba, Ubatuba, Roseira, Santo Antonio, Caçapava e Tremembé aderiram à greve por tempo indeterminando e os bancários estão aguardando que a FENABAN marque nova rodada de negociação com o Comando Nacional e apresente uma proposta que contemple toda a categoria.

 "Queremos que os banqueiros apresentem uma proposta decente, não aceitamos esse ín­dice de 6,1%, já que os balanços mostram que os lucros são crescentes nas empresas.",  ressalta Carlinhos Casé, Presidente Eleito do Sindicato dos Bancários de Taubaté e Região. 

 

Total de agências fechadas por cidade:

Taubaté: 24 agências

Pindamonhangaba: 12 agências

Ubatuba: 04 agências

Tremembé: 03 agências

Roseira: 01 agência

Caçapava: 05 agências

Santo Antonio do Pinhal: 01 agência

 

 Lei de Greve
A greve é um direito do trabalhador, previsto na Constituição e regulamentado pela Lei Nº 7.783/89. É garantida pelo Estado porque é a única forma de o trabalhador exercer pressão por seus direitos diante de uma negociação fracassada com o empregador.

> Clique aqui para conhecer a Lei de Greve

 

As reivindicações dos bancários

> Reajuste salarial de 11,93% (5% de aumento real além da inflação)

> PLR: três salários mais R$ 5.553,15.

> Piso: R$ 2.860,21 (salário mín­imo do Dieese).

> Auxí­lios alimentação, refeição, 13ª cesta e auxí­lio-creche/babá: R$ 678 ao mês para cada (salário mín­imo nacional).

> Melhores condições de trabalho, com o fim das metas abusivas e do assédio moral que adoece os bancários.

> Emprego: fim das demissões, mais contratações, aumento da inclusão bancária, combate às terceirizações, especialmente ao PL 4330 que precariza as condições de trabalho, além da aplicação da Convenção 158 da OIT, que proà­be as dispensas imotivadas.

> Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para todos os bancários.

> Auxí­lio-educação: pagamento para graduação e pós-graduação.

> Prevenção contra assaltos e sequestros, com o fim da guarda das chaves de cofres e agências por bancários.

> Igualdade de oportunidades para bancários e bancárias, com a contratação de pelo menos 20% de negros e negras.

 

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC