Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - BANCO DO BRASIL

08/02/2012

Bancário quer PLR antes do Carnaval


 

A data limite para que os bancos creditem a segunda parcela da PLR e do valor adicional é 1º de março. No entanto, o Sindicato está em contato com as instituições financeiras para que façam o pagamento dos valores de forma antecipada, uma vez que, a partir da divulgação de seus balanços já conhecem o montante a ser distribuído. Bradesco e Santander divulgaram seus lucros lí­quidos na semana passada, Itaú nesta terça 7 e Banco do Brasil anunciou a divulgação para o próximo dia 14.

 "Se os bancos já conhecem os resultados, podem antecipar o pagamento e permitir aos trabalhadores desafogar as contas e, quem sabe, ter um Carnaval mais animado. Estamos cobrando a antecipação e os bancos podem pagar", comenta a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira.

 

 Primeiros "  Bradesco anunciou nesta terça-feira 7 que fará a distribuição da segunda parcela no próximo dia 10, e que pagará a PLR cheia, ou seja, 2,2 salários mais a parcela adicional de R$ 2.800.

Os funcionários do Santander terão creditado antes do Carnaval, no dia 17 de fevereiro, os valores correspondentes àsegunda parcela da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), do valor adicional e do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS). A data foi confirmada pela direção da empresa ao Sindicato na sexta-feira 3.

Além disso, também no dia 17, os funcionários do Santander receberão o PPRS " que não pode ser descontado da PLR da categoria ", cujo valor não pode ser inferior a R$ 1.500.

Já o HSBC anunciou o pagamento no dia 27 de fevereiro. Além de pagar após o Carnaval, o banco frustrou os bancários mantendo o desconto dos programas próprios

de distribuição dos lucros na PLR.

O Safra efetuou os créditos aos seus funcionários em dezembro, antes mesmo da divulgação de seu balanço que terminou 2011 com crescimento de 19% em relação a igual perí­odo no ano passado, chegando a R$ 14,25 bilhão.

 

Entenda a regra " Nos bancos privados, a PLR corresponde a 90% do salário mais o valor fixo de R$ 1.400, limitado a R$ 7.827,29. Em 2011 foi antecipada a primeira parte desse montante, o equivalente a 54% do salário mais R$ 840, limitado a R$ 4.696,37.

Caso a distribuição da diferença aos trabalhadores, que vem agora, fique inferior a 5% do lucro lí­quido anual, a instituição financeira tem de subir os valores até atingir os 5% ou o teto de 2,2 salários, limitado a R$ 17.220,04.

Já a parcela adicional, que é paga sem desconto da PLR e dos programas próprios de remuneração, equivale à distribuição de 2% do lucro lí­quido entre todos os trabalhadores da empresa, limitado a R$ 2.800. Da mesma forma que a PLR, em 2011 os trabalhadores receberam um adiantamento de até R$ 1.400. Assim, também até 1º de março, os funcionários têm de receber o restante do valor adicional, que pode chegar a até R$ 1.400.

Caixa Federal " Os empregados da Caixa Federal seguem a regra da PLR e do valor adicional prevista em acordo assinado com a federação dos bancos (Fenaban). No entanto, esses trabalhadores também asseguraram em seu acordo específico a PLR Social que corresponde à distribuição linear de 4% do lucro lí­quido de 2011. Os complementos dos valores também têm de ser pagos até março.

Banco do Brasil " Os funcionários do Banco do Brasil recebem a PLR semestralmente que é composta pela distribuição de 4% do lucro lí­quido acrescidos dos módulos bônus e Fenaban.

 

Postado pela Assessoria de Imprensa: 08/02/2012

Fonte: Seeb SP

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC