Seja muito bem-vindo ao nosso Sindicato   •     •   TaubatÉ / SP
 
     
 

SEU BANCO - BANCO DO BRASIL

26/07/2012

Empresas têm de informar valor recolhido ao INSS

 

É sancionada lei que obriga empresas a prestarem conta aos funcionários referente ao valor recolhido

As empresas e órgãos públicos estão obrigados a informar mensalmente os trabalhadores sobre os valores recolhidos com o pagamento dos benefícios da previdência social. A medida foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff e publicada nesta quarta-feira 25, no Diário Oficial da União.

Para os trabalhadores com registro em carteira de trabalho, cabe às empresas fazer o pagamento das prestações da previdência ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). O valor total recolhido corresponde a 20% da contribuição feita pela empresa mais o percentual descontado do trabalhador (confira tabela acima).

Segundo o secretário do Ministério da Previdência, Leonardo Rolim, em entrevista ao Portal Terra, as empresas geralmente informam nos contracheques o valor abatido do salário, mas isso não significa que o valor correspondente tenha sido recolhido ao INSS. "Essa medida vai ajudar a evitar surpresas quando o trabalhador sai de uma empresa", explicou o secretário, em referência aos casos em que o empregado descobre que não tem direito ao benefício porque a empresa não fez o recolhimento.

O Banco do Brasil e a Caixa Federal já fornecem as informações relativas à previdência pela internet. Nos demais bancos, os dados não estão disponà­veis. De qualquer forma, o beneficiário pode ir a uma agência do INSS e consultar o extrato.

Postado pela Assessoria de Imprensa: 26/07/2012

Fonte: Seeb São Paulo com informações do Portal Terra

•  Veja outras informações
 
         
         
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS E FINANCIÁRIOS DE TAUBATÉ E REGIÃO
E-mail: contato@bancariotaubate.com.br    •    Telefone: (12) 3633-5329  /  (12) 3633-5366    •    WhatsApp: (12) 99177-4205
Filiado à CUT, CONTRAF e FETEC